quinta-feira, 30 de outubro de 2008

fui atingida por um dardo...

Obrigada à menina deste sítio
Como ando em poucos, não deixo a lista dos 15 :)

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Projecto "Vidas Transparentes"


Estação

Esperar ou vir esperar querer ou vir querer-te vou perdendo a noção desta subtileza. Aqui
chegado até eu venho ver se me apareço e o fato com que virei preocupa-me,
pois chove miudinho
Muita vez vim esperar-te e não houve chegada
De outras, esperei-me eu e não apareci embora bem procurado entre os mais que passavam.
Se algum de nós vier hoje é já bastante
como comboio e como subtileza
Que dê o nome e espere. Talvez apareça

Mário Cesariny






segunda-feira, 27 de outubro de 2008



Nunca são as coisas mais simples que aparecem quando as esperamos. O que é mais simples, como o amor, ou o mais evidente dos sorrisos, não se encontra no curso previsível da vida. Porém, se nos distraímos do calendário, ou se o acaso dos passos nos empurrou para fora do caminho habitual, então as coisas são outras. Nada do que se espera transforma o que somos se não for isso: um desvio no olhar; ou a mão que se demora no teu ombro, forçando uma aproximação dos lábios.
Nuno Júdice

terça-feira, 21 de outubro de 2008

sem palavras...

...só porque nada me sai, nada sei escrever...

o melhor é calar, colocar uma mão à frente e talvez pensar... :)

domingo, 19 de outubro de 2008

as verdades...em tempo de crise



"O dinheiro não traz felicidade — para quem não sabe o que fazer com ele."
Machado de Assis

Também acho

"O dinheiro não dá felicidade. Mas paga tudo o que ela gasta."
Millôr Fernandes

"O dinheiro não faz a felicidade. Um homem com 10 milhões de dólares não é mais feliz do que o que possui 9."
Hobart Brown

sábado, 18 de outubro de 2008

saudade

Tenho saudades de fazer alguma coisa que me dê entusiasmo. Este, aqui abaixo, é de outros tempos, dos quais tenho alguma saudade, mas a vida é uma roda em movimento e neste tempo há outras coisas que nos vão deixar saudades...

Até eu duvido que um dia o tenha feito...


...Saudade é amar um passado que ainda não passou,
É recusar um presente que nos magoa,
É não ver o futuro que nos convida...
Pablo Neruda

Noite de teatro

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Coisas que levamos anos para aprender

1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom ou empregado, não pode ser uma boa pessoa. (Esta é muito importante. Preste atenção, nunca falha)

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas. (Tá cheio de gente querendo te converter!)

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance. (Na maioria das vezes quem tá te olhando também não sabe! Tá valendo!)

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca. (Deus deu 24 horas em cada dia para cada um cuidar da sua vida e tem gente que insiste em fazer hora-extra! )

5. Não confunda sua carreira com sua vida. (Aprenda a fazer escolhas!)

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite. (Quem escreveu deve ter conhecimento de causa!)

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria 'reuniões'. (Onde ninguém se entende... Com exceção das reuniões que acontecem nos botecos...)

8. Há uma linha muito tênue entre 'hobby' e 'doença mental'. (Ouvir música é hobby... No volume máximo as sete da manhã pode ser doença mental!)

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito. (Que bom!!!!!)

10. Lembre-se: nem sempre os profissionais são os melhores. Um amador construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic. (É Verdade mesmo!!!)

11. Guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que outra pessoa morra.(William Shakespeare)

Recebido por e-mail

quinta-feira, 9 de outubro de 2008


"Viver é desenhar sem borracha."
(Millôr Fernandes)

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Vasco Granja

Hoje veio-me à memória este senhor, Vasco Graja, a minha memória de televisão, da magia do desenho animado e dos filmes de animação! Ocorreu-me se, tristemente, já haviamos perdido figura tão importante. Fui vasc(u)olhar e o ilustre senhor ainda se encontra entre nós.
Dizemos que ninguém é insubstituível, mas no meu entender este senhor que nos trouxe o leste da melhor forma, jamais será substituido*




* Bem, mas tudo isto se refere a uma geração, a mais recente nem faz ideia quem é Vasco Granja, que foi ele que nos apresentou a Pantera cor de rosa ficando conhecido como pai da pantera cor de rosa.



revejam num regresso

Some trees

are
better
then others

but all very beautifull

Em casa onde não há pão...

Faz-se a experimentação!


sexta-feira, 3 de outubro de 2008


O peixe comido com o rabo de fora.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008


falando em príncipes...

Ilusão de Estomóptica

No regresso a casa, depois da caminhada à baixa, e porque toda a gente caminha agora, cruzo-me com três rapazes (senhores crescidos). Passo em camera lenta. O rapaz da esquerda, vestido de escuro, mais alto que eu, olho claro, cruza o olhar em camera lenta com o meu. Credo, que é isto?? sinto-me ruborescer, há quanto tempo não sentia um olhar assim?!!!! Invade-me um calor crescente pelo rosto...era o príncipe?


Dois passos à frente, eis que termina a camera lenta e sei então razão do meu calor: fruto da má disposição quando a fome ataca!!! (FOMECA MESMO, falta de comidinha pro estômago! 8-)




P.S. Também não gosto de olhos azuis