sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

here comes christmas...

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

the night...blue



(fotos-ilha das flores- stª Cruz-porto das poças-2007)

Sempre que olho para estas fotos, lembro sempre a música dos morphine, the night. Aqui fica a letra...


you're the night, Lilaha little girl lost in the woods
you're a folktale
the unexplainable
you're a bedtime story
the one that keeps the curtains closed
I hope you're waiting for me
cause I can't make it on my own
I can't make it on my own
it's too dark to see the landmarks
and I don't want your good luck charms
I hope you're waiting for me across your carpet of stars
you're the night, Lilah
you're everything that we can't see
Lilahyou're the possibilityyou're the bedtime story
the one that keeps the curtains closed
and I hope you're waiting for me
cause I can't make it on my own
I can't make it on my own
sweet-ass sax solo
unknown the unlit world of old
you're the sounds I've never heard before
off the map where the wild things grow
another world outside my door
here I stand I'm all alone
driving down the pitch black road
Lilah you're my only home
and I can't make it on my own
you're a bedtime story the one that keeps the curtains closed
I hope you're waiting for me
cause I can't make it on my own
I can't make it on my own

"the night" MORPHINE

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

No percurso da vida...nas folhas amachucadas...

...há encontros, desencontros e alguns encontrões.




Poema em linha recta
Nunca conheci quem tivesse levado porrada.
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.
E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil,
Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita,
Indesculpavelmente sujo,
Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho,
Eu que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo,
Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas,
Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante,
Que tenho sofrido enxovalhos e calado,
Que quando não tenho calado, tenho sido mais ridículo ainda;
Eu, que tenho sido cómico criadas de hotel,
Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes,
Eu que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar,
Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenho agachado,
Para fora da possiblidade do soco;
Eu que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,
Eu que verifico que não tenho par nisto neste mundo.

Álvaro de Campos

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Portas há muitas...mas para o futuro é o que se vê

Eis, pois, as portas para o futuro, para a civilização e desenvolvimento!

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

terça-feira, 25 de novembro de 2008


My precious gifts

credibilidade

Via agora no noticiário e a visita de sua excelência o nosso primeiro M chico esperto!

É pá, porreiro pá! vou até Trás-os-Montes, invento prá lá umas estradas, as certezas que vão ser feitas. Digo que a acessibilidade vai cria a possibilidade de, não sei quantos postos de trabalho e ainda vou à inauguraçãozeca dum charcuzinho a que chamam barragem! Tudo isto perto das eleições, os transmontanos acreditam nessas promessas!!! Porreiro pá!

Como é que agora se lembram de ir, finalmente realizar as obras de que estamos à espera há anos????
AH! já sei, é o dinheiro que ia para a OTA e que afinal não vai ser necessário!! Ou será que é o dinheiro do BPN
Oh esqueçam, ele é engenheiro, será de estradas???!

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Personalizar












Da Amizade
Para Marta:

"Memória"

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra osem sentido
apelo do não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão.

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão.
Carlos Drummond de Andrade

Antologia Poética, Publicações Dom Quixote

desafios..

Fui desafiada pelo "Pedaço de Azul..."
quebro a corrente mas deixo um rasto...

Sonho:
1-estar junto da Familia
2-ter saúde
3-sorrir
4-manter os bons amigos
5-distância dos maus
6-viajar
7-voar
8-dinheiro pra ter algumas das mencionadas :)

domingo, 23 de novembro de 2008



I do like my clock ... ...my watch?

well I just like it...

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

"A Espera"

I've been waiting for you
I've been waiting for you
Never found anything else to do
But waiting for you
I've been calling your name
I've been calling your name
Never found anything else to say
Nothing to say
You can kill a lot of time if you really wanna put your mind to it
Leave it all behind if you never want to go through it
I keep hearing your name
I keep hearing your name
Nothing else sounds the same
As hearing your name
You can kill a lot of time if you really put your mind to it
Or leave it all behind if and never ever go through it
I keep hoping for you
Keep hoping for you

What else can I do
But keep hoping for you?
You can kill a lot of time if you really wanna put your mind to it.
Or leave it all behind and never really have to go through it
We can kill a lot of time and never really have to go through it
What else can I do
But keep waiting for you?
Ben Harper


shame on Y!!! Acreditem , já não tenho bem presente o nome deste trabalho. Penso que era a espera...

sábado, 15 de novembro de 2008

quentinhas e com bicho

S.Martinho é tal "igual" ao Natal:
Sempre que o Homem quiser! ...bem neste caso... talvez seja melhor... quando nos apetecer! 8-)
São servidos? (Deste pouco que mal me chega se lhe pegam pouca vergonha têm!) devo dizer que já há muito que não oiço dizer esta frase, mas como estamos em época de crise...há-de ouvir-se mais, com toda a certeza :)

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Rodrigo Leão - As Cidades

Este tema de Rodrigo Leão faz parte de "Portugal-retrato social"
...o meu plágio... :)

"Retrato Social"

Movimento Perpétuo Associativo
Deolinda

Composição: Pedro da Silva Martins


Agora sim, damos a volta a isto!
Agora sim, há pernas para andar!
Agora sim, eu sinto o optimismo!
Vamos em frente, ninguém nos vai parar!

Agora não, que é hora do almoço...
Agora não, que é hora do jantar...
Agora não, que eu acho que não posso...
Amanhã vou trabalhar...

Agora sim, temos a força toda!
Agora sim, há fé neste querer!
Agora sim, só vejo gente boa!
Vamos em frente e havemos vencer!

Agora não, que me dói a barriga...
Agora não, dizem que vai chover...
Agora não, que joga o Benfica...
e eu tenho mais que fazer...

Agora sim, cantamos com vontade!
Agora sim, eu sinto a união!
Agora sim, já ouço a liberdade!
Vamos em frente, é esta a direcção!

Agora não, que falta um impresso...
Agora não, que o meu pai não quer...
Agora não, que há engarrafamentos...
Vão sem mim, que eu vou lá ter...


Tive de plagiar o título desta mensagem, mas o nome fica-lhe muito bem!

O Português é mais "agora não..."

terça-feira, 4 de novembro de 2008

sábado, 1 de novembro de 2008


Não existe sinceridade, mas apenas estados circunstânciais.

de: modo

lugar

tempo

espaço


Que os dias vos sorriam! :{)

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

fui atingida por um dardo...

Obrigada à menina deste sítio
Como ando em poucos, não deixo a lista dos 15 :)

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Projecto "Vidas Transparentes"


Estação

Esperar ou vir esperar querer ou vir querer-te vou perdendo a noção desta subtileza. Aqui
chegado até eu venho ver se me apareço e o fato com que virei preocupa-me,
pois chove miudinho
Muita vez vim esperar-te e não houve chegada
De outras, esperei-me eu e não apareci embora bem procurado entre os mais que passavam.
Se algum de nós vier hoje é já bastante
como comboio e como subtileza
Que dê o nome e espere. Talvez apareça

Mário Cesariny






segunda-feira, 27 de outubro de 2008



Nunca são as coisas mais simples que aparecem quando as esperamos. O que é mais simples, como o amor, ou o mais evidente dos sorrisos, não se encontra no curso previsível da vida. Porém, se nos distraímos do calendário, ou se o acaso dos passos nos empurrou para fora do caminho habitual, então as coisas são outras. Nada do que se espera transforma o que somos se não for isso: um desvio no olhar; ou a mão que se demora no teu ombro, forçando uma aproximação dos lábios.
Nuno Júdice

terça-feira, 21 de outubro de 2008

sem palavras...

...só porque nada me sai, nada sei escrever...

o melhor é calar, colocar uma mão à frente e talvez pensar... :)

domingo, 19 de outubro de 2008

as verdades...em tempo de crise



"O dinheiro não traz felicidade — para quem não sabe o que fazer com ele."
Machado de Assis

Também acho

"O dinheiro não dá felicidade. Mas paga tudo o que ela gasta."
Millôr Fernandes

"O dinheiro não faz a felicidade. Um homem com 10 milhões de dólares não é mais feliz do que o que possui 9."
Hobart Brown

sábado, 18 de outubro de 2008

saudade

Tenho saudades de fazer alguma coisa que me dê entusiasmo. Este, aqui abaixo, é de outros tempos, dos quais tenho alguma saudade, mas a vida é uma roda em movimento e neste tempo há outras coisas que nos vão deixar saudades...

Até eu duvido que um dia o tenha feito...


...Saudade é amar um passado que ainda não passou,
É recusar um presente que nos magoa,
É não ver o futuro que nos convida...
Pablo Neruda

Noite de teatro

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Coisas que levamos anos para aprender

1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom ou empregado, não pode ser uma boa pessoa. (Esta é muito importante. Preste atenção, nunca falha)

2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas. (Tá cheio de gente querendo te converter!)

3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance. (Na maioria das vezes quem tá te olhando também não sabe! Tá valendo!)

4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca. (Deus deu 24 horas em cada dia para cada um cuidar da sua vida e tem gente que insiste em fazer hora-extra! )

5. Não confunda sua carreira com sua vida. (Aprenda a fazer escolhas!)

6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite. (Quem escreveu deve ter conhecimento de causa!)

7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria 'reuniões'. (Onde ninguém se entende... Com exceção das reuniões que acontecem nos botecos...)

8. Há uma linha muito tênue entre 'hobby' e 'doença mental'. (Ouvir música é hobby... No volume máximo as sete da manhã pode ser doença mental!)

9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito. (Que bom!!!!!)

10. Lembre-se: nem sempre os profissionais são os melhores. Um amador construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic. (É Verdade mesmo!!!)

11. Guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que outra pessoa morra.(William Shakespeare)

Recebido por e-mail

quinta-feira, 9 de outubro de 2008


"Viver é desenhar sem borracha."
(Millôr Fernandes)

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Vasco Granja

Hoje veio-me à memória este senhor, Vasco Graja, a minha memória de televisão, da magia do desenho animado e dos filmes de animação! Ocorreu-me se, tristemente, já haviamos perdido figura tão importante. Fui vasc(u)olhar e o ilustre senhor ainda se encontra entre nós.
Dizemos que ninguém é insubstituível, mas no meu entender este senhor que nos trouxe o leste da melhor forma, jamais será substituido*




* Bem, mas tudo isto se refere a uma geração, a mais recente nem faz ideia quem é Vasco Granja, que foi ele que nos apresentou a Pantera cor de rosa ficando conhecido como pai da pantera cor de rosa.



revejam num regresso

Some trees

are
better
then others

but all very beautifull

Em casa onde não há pão...

Faz-se a experimentação!


sexta-feira, 3 de outubro de 2008


O peixe comido com o rabo de fora.

quinta-feira, 2 de outubro de 2008


falando em príncipes...

Ilusão de Estomóptica

No regresso a casa, depois da caminhada à baixa, e porque toda a gente caminha agora, cruzo-me com três rapazes (senhores crescidos). Passo em camera lenta. O rapaz da esquerda, vestido de escuro, mais alto que eu, olho claro, cruza o olhar em camera lenta com o meu. Credo, que é isto?? sinto-me ruborescer, há quanto tempo não sentia um olhar assim?!!!! Invade-me um calor crescente pelo rosto...era o príncipe?


Dois passos à frente, eis que termina a camera lenta e sei então razão do meu calor: fruto da má disposição quando a fome ataca!!! (FOMECA MESMO, falta de comidinha pro estômago! 8-)




P.S. Também não gosto de olhos azuis


domingo, 28 de setembro de 2008

vida real

Quando visitava a minha caixa de correio electrónico( ou será A), no meio da publicidade vejo uma referência à novela "Favorita", é verdade todos nós vemos uma ou outra!!! E eu até gosto daquele momento de descontração em guerra com o bom e o vilão.

"Psicólogas ensinam a amansar o seu lado Flora"
Pois é todos nós temos um lado flora... mas penso que também devemos ter um lado fauna, ou não? Bem, continuando, vou só transpôr um pouquinho do texto, brasileiro, aqui:

"As maldades da personagem Flora, interpretada pela atriz Patricia Pillar na trama A Favorita da rede Globo, realmente deixam qualquer um revoltado. Mas, se a personagem leva a falta de escrúpulos a níveis de folhetim, há quem tenha de lidar com sentimentos perversos no dia-a-dia (e não existe nada de extraordinário aí).
A diversidade de sentimentos é aspecto característico da condição humana, ninguém bonzinho ou malvado o tempo todo, esses comportamentos se misturam , afirma a psicóloga e professora de psicologia da UNIP (Universidade Paulista), Patricia Ribeiro. A raiva, a revolta, o rancor, o ciúme, o ódio, a ira, a inveja, a vingança, o nojo ou o desprezo estão na esfera da agressividade. Por isso, costumam ser vistos de forma negativa, mas não dá para culpar ninguém por causa de suas emoções ." ...

BEm, moral da história: não menosprezem as novelas, elas são objecto de estudo...e é tudo baseado na vida real...

Considerações...

A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente ciosos da felicidade um do outro.
(Platão)

Não preciso de amigos que mudem quando eu mudo e concordem quando eu concordo. A minha sombra faz isso muito melhor.
(Plutarco)

Visite os amigos com frequência. O mato cresce depressa em caminhos pouco percorridos.
(Ditado Escandinavo)

Se um coração é grande, nenhuma ingratidão o fecha, nenhuma indiferença o cansa.
(Leon Tolstoi)

Não concordo com este último senhor, acho mesmo que a paciência tem um limite e como dizia uma amiga: "Hoje em dia ser bom, é sinal de burrice!!"

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

terça-feira, 29 de julho de 2008

De regresso a...

...férias, preguiça...



(imagens "roubadas na net")

terça-feira, 15 de julho de 2008

quinta-feira, 10 de julho de 2008

eu gosto é do verão...

Bem, menina Lu, esta é para ti, para não esqueceres o "vikiny"!!!
e os óculos de sol. he he

segunda-feira, 7 de julho de 2008

As cidades e o Sexo

Conhecia "A Cidade e as serras"...provavelmente a versão antiga do sex and city...

Primeiro foi a cidade. Depois foi o "Sex and the City" , num divertido e descontraído momento. o que será a seguir? O sexo?

Inauguração






saibam mais da obra de Manuel Salgado em: