sábado, 15 de outubro de 2005

O pecado (mais) original


  • Uma estória simples


Aqui nesta praia onde

Não há nenhum vestígio de impureza,
Aqui onde há somente
Ondas tombando ininterruptamente,
Puro espaço e lúcida unidade,
Aqui o tempo apaixonadamente
Encontra a própria liberdade.


(SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN)

3 comentários:

N disse...

De minha casa à tua,
é um passo de distância.
Da última vez que lá fui,
Comi uma melância!

Ana disse...

estiveste bem...:)

Orion disse...

Nota da Sociedade Protectora das Frutas e Legumes:

Nenhuma melancia foi maltratada durante a realização deste post.